Seguidores

Arquivo do blog

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

COPIANDO E REPASSANDO

"Esta secção, tem como objetivo socializar através da leitura dos posts uma obra literária de vulto. Todo dia será postado um texto do livro a ser abordado. Quem tiver sugestões e queira colaborar, envie nome das obras ou as mesmas para este exercício de compartilhar arquivos e conhecidos. Endereço Eletrônico: revupoeta@yahoo.com.br ou revupoeta@gmail.com “.
A OBRA
Vamos iniciar com a coletânea Mulheres, que reuni textos do escritor Uruguaio Eduardo Galeano. A obra compõe escritos de vários livros do autor, como a trilogia Memória do Fogo, O livro dos Abraços, Vagamundo, Palavras Andantes, Dias e Noites de Amor e Guerra, entre outros. Galeano autor do best seller As veias abertas da América Latina, faz uma homenagem carinhosa a mulheres ilustres e anônimas que ajudaram a construir a História das Américas.
TEXTO
AS BRUXAS DE SALEM
- Cristo sabe quantos demônios há aqui!- ruge o reverendo Samuel Parris, pastor da vila de Salem, e fala de Judas, o demônio sentado á mesa do Senhor, que se vendeu por trinta dinheiros, 3.15 em libras inglesas, irrisório preço de um escrava.
Na guerra dos cordeiros contra os dragões, clama o pastor, não há neutralidade possivel nem refúgio seguro. Os demônios meteram-se em sua própria casa: uma filha e uma sobrinha do reverendo Parris foram as primeiras atormentadas pelo exército de diabos que tomou de assalto esta puritana vila. As meninas acariciaram uma bola de cristal, querendo ver a sorte, e viram a morte. Desde que isso aconteceu, são muitas as jovenzinhas de Salem que sentem o inferno no corpo: a maligna febre as queima por dentro e se revolvem e se retorcem, rodam pelo chão espumando e uivando blasfêmias e obscenidades que o Diabo lhes dita.
O médico, William Griggs, diagnostica o malefício. Oferecem a um cão um bolo de farinha de centeio misturada com urina das possuídas, mas o cão come, mexe o rabo, agradecido, e vai embora para dormir em paz. O Diabo prefere a moradia humana. Entre convulsão e convulsão, as vítimas acusam.
São mulheres, e mulheres pobres, as primeiras condenadas á forca. Duas brancas e uma negra: Sarah Osborne, uma velha prostrada que há anos chamou aos gritos seu servente irlandês, que dormia no estábulo, e abriu-lhe um lugarzinho na cama; Sarah Good, uma mendinga turbulenta, que fuma cachimbo e responde resmungando ás esmolas; e Tituba, escrava negra da Antilhas, apaixonada por um demônio todo peludo e de nariz comprido. A filha de Sarah Good, jovem bruxa de quatro anos de idade, esta presa no cárcere de Boston, com grilhões nos pés.
Mas não cessam os gemidos de agonia das jovenzinhas de Salem e se multiplicam as acusações e condenações. A caçada de bruxas sobe da suburbana Salem Village ao centro de Salem Town, da vila ao porto, dos malditos aos poderosos: nem a esposa do governador se salva do dedo que aponta culpados. Balançam na forca prósperos granjeiros e mercadores, donos de barcos que comerciam com Londres, privilegiados membros da Igreja que desfrutavam do direito á comunhão.
Anuncia-se uma chuva de enxofre sobre Salem Town, segundo porto de Massachusetts, onde o Diabo, trabalhador como nunca, anda prometendo aos puritanos cidades de ouro e sapatos franceses.

CASO MERENDA II

Na segunda parte das postagens sobre a ação civil pública contra a terceirização da merenda, veremos que o Município descumpriu alguns preceitos que, se seguidos, garantiriam refeições de qualidade aos estudantes limeirenses.
O promotor Cléber Masson lembrou que os cardápios da alimentação sob responsabilidade do Município devem:
a) ser elaborados por nutricionista habilitado, obrigatoriamente vinculado ao setor de alimentação escolar do Município, conforme artigo 12 da Lei 11.947 e artigo 14 da Resolução/CD/FNDE nº38;
b) respeitar as referências nutricionais, os hábitos alimentares, a cultura e a tradição alimentar da localidade, baseando-se na sustentabilidade e diversificação agrícola da região, conforme o artigo 12 da Lei 11.947;
c) ser elaborados com utilização exclusiva de gêneros alimentícios básicos considerados indispensáveis à alimentação saudável, conforme a mesma lei citada acima;
d) ser submetidos a testes de aceitabilidade, conduzidos por nutricionista habilitado.
A diretora da Emeief Governador Mário Covas deu depoimento onde informa que o cardápio já vem pronto diretamente da SP Alimentação.
Se vem da SP, não vem por nutricionista habilitado pelo Município, o que viola as leis já citadas em parágrafos anteriores.Sem a obrigatoriedade de compra de gêneros alimentícios da região de Limeira, o promotor diz ser impossível ter as referências nutricionais, aos hábitos alimentares, à cultura e à tradição alimentar do Município.
Masson diz que em momento algum os cardápios elaborados pela SP Alimentação foram submetidos pelo Município a testes de aceitabilidade conduzidos por nutricionista habilitado, o que viola resolução do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
Conclusão do MP: "Alternativa outra não resta senão se reconhecer o desvio de finalidade no emprego das verbas públicas oriundas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Estado de São Paulo".

CONCERTO DE FIM DE TEMPORADA

Sinfônica faz concerto de encerramento da temporada Para comemorar o encerramento da temporada a Orquestra Sinfônica de Limeira realizará nesta quinta-feira, 17 de dezembro, um Concerto de Natal. O evento terá início às 20h30 no Teatro Vitória e contará com a participação do Coro da Osli. Serão executadas músicas que celebram o Natal, a festa mais comemorada do Planeta, como “Jingle Bells Rock” e “A Christmas Festival”. Além do Coro da Osli, a orquestra contará também com a participação especial de dois grandes musicistas que interpretam a Sinfônica Concertante em D maior para viola e Contrabaixo de Dittersdorf, Jonas Goes e Anselmo Melosi. Jonas Goes, de Rio Claro, é graduado em Educação Musical pela UNASP (Centro Universitário Adventista de São Paulo), e já participou de Orquestras como a Sinfônica de Rio Claro, de São José dos Campos, de Piracicaba, Sorocaba, e a Orquestra de Câmera da UNESP. Atualmente, ministra aulas no CCL de Americana, na Escola Livre de Música de Limeira (ELM) e na Escola de Música de Indaiatuba. Já Anselmo Melosi, também natural de Rio Claro, iniciou seus estudos de contrabaixo aos 14 anos na Escola de Música de Rio Claro, e participou da Orquestra Sinfônica da USP e de Sinfônicas de grandes cidades, como Campinas, Manaus, Sorocaba, Piracicaba, entre outras. Atualmente é professor de contrabaixo do Conservatório de Tatuí/SP. A programação prevê 15 músicas para a apresentação, com a participação de cerca de 55 pessoas da Sociedade Pró-Sinfônica, sob a regência do Maestro Rodrigo Müller. Os ingressos custarão R$10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). Thayla Ramos – Estagiária de Jornalismo Prefeitura de Limeira Secretaria Municipal da Cultura (19)3451.0502 http://br.mc511.mail.yahoo.com/mc/compose?to=culturalimeira@yahoo.com.br http://www.culturalimeira.blogspot.com/ www.twitter.com/culturalimeira

AÇÕES GOVERNAMENTAIS

Sessão Extraordinária da Câmara Municipal de Limeira 16 de Dezembro - Plenário “Vereador Vitório Bortolan” I – Redação Final do Projeto de Lei Complementar nº398/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que institui o Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU progressivo no tempo, altera a Lei nº. 1.890, de 23 de dezembro de 1983 e dá outras providências. APROVADO. II – Projeto de Lei nº408/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que perpetua o nome de Nair Bello Sousa Francisco ao teatro, localizado nas dependências do Centro de Formação do Professor e dá outras providências. PREJUDICADO (FALTA PARECER DAS COMISSÕES) III – Projeto de Lei nº418/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que cria o projeto "Produtor de Águas", autoriza o Poder Executivo a prestar apoio financeiro aos proprietários rurais e dá outras providências. PREJUDICADO (FALTA PARECER DA COMISSÃO DE OBRAS) IV – Projeto de Lei nº425/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que dispõe sobre o programa "Cidade da Leitura" no Município de Limeira e dá outras providências. PREJUDICADO (FALTA PARECER DAS COMISSÕES) V – Projeto de Lei Complementar nº427/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que acrescenta dispositivo na Lei Complementar nº. 1.890 de 23 de dezembro de 1983 e dá outras providências. PREJUDICADO (FALTA PARECER DAS COMISSÕES) VI – Projeto de Lei Complementar nº430/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que institui o Programa de Locação Social no Município de Limeira na forma que se especifica, e dá outras providências. APROVADO. VII – Projeto de Lei nº431/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que institui, no âmbito da Prefeitura Municipal de Limeira, tratamento diferenciado e favorecido ao Microempreendedor Individual - MEI, para o licenciamento de atividades de baixo risco e dá outras providências. PREJUDICADO (FALTA PARECER DAS COMISSÕES) VIII – Projeto de Lei nº433/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que autoriza o Município de Limeira a celebrar convênios e ou termo aditivos com o Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural do Estado de São Paulo - FUSSESP. APROVADO. Júnia Mariano Depto. Assessoria de Imprensa
Rua Pedro Zaccaria, 70 Fone/Fax: 19 3404.7500 CEP: 13484.350 LIMEIRASP

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

BLOG DO FERREZ

O que vai rolar na quebra.
Vários eventos terminam 2009 com chave de ouro, desde a distribuição de livros na Cooperifa, dimingão dia 20, do lançamento dos cadernos negros 32, o encontro de naves 1dasul, também no dia 20 na frente da loja no Capão Rendondo, e até o baile saudosista no dia 19 no Galpão, onde a nata dos Djs da sul comandam a festa.
Abaixo mais detalhes dos eventos desse dezembro firmeza.
Povo lindo, povo inteligente,domingo dia 20, a Cooperifa entregar livros de presente pra comunidade como forma de incentivo à leitura, que é um dos pilares do movimento, o outro, é cidadania través da literatura. São mais de 1000, e todo tipo de literatura, poesia, romance, prosa (nada didático) com destaque para os livros infantis, que já são mais de 500 lindos e maravilhosos, de todas as cores e para todos os tamanhos. Nossas crianças vão pirar na batatinha.
A maioria dos livros são novos, doados pelos nossos parceiros do Centro Cultural da Espanha, Global Editora, Cortez Editora e amigos que frequentam o sarau.A entrega vai ser simples, no domingo, às 11hs da manhã, em frente ao bar do Zé Batidão (Rua Bartolomeu dos Santos, 797 Jd. Guarujá zona sul de Sampa, a gente (poetas e amigos da Cooperifa, palhaços, batuque) vai sair numa caminhada pelos bairros (Jd. Guarujá, Parque Santo Antônio e Chácara Santana) apertando a campainha, ou batendo palmas de casa em casa chamando as pessoas e as crianças para buscarem o livro de presente. Simplesmente..É a força da comunidade construindo um mundo melhor através da literatura. Venha assisitr o milagre da poesia..É tudo nosso!.Sérgio
VazVira-lata da literatura

CORAL AFRO HOMENAGEADO

Coral Afro Thulany ganha Moção de Congratulação O Coral Afro Thulany recebeu, no dia 23 de novembro, uma Moção de Congratulação da Câmara Municipal de Nova Odessa. De autoria do vereador Gervásio de Brito, a moção é dirigida também à Coordenadoria de Cultura e Turismo; à Banda Sinfônica Municipal Professor Gunars Tiss, de Nova Odessa; ao CMPDCN (Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra) e à USMANO (União Social do Movimento Afro-Descendente de Nova Odessa). A moção foi elaborada em razão do Concerto Especial em comemoração ao Dia da Música e da Consciência Negra. O Coral Afro Thulany realizou participação especial na segunda parte do concerto, no qual foram executadas músicas como “Coco Ta-ra-ta-tá”, de Geraldo Medeiros, em parceria com a Banda Sinfônica. O Coral Afro Thulany tem seis anos de existência, sob a coordenação do professor José Donizete dos Santos (mais conhecido como “Bomba”), e trabalha com repertório afro-gospel, MPB, dança e ritmos africanos. Participou do Mapa Cultural Paulista - fase regional versão 2005-2006 - e do Encontro de Corais nas cidades de Lins, Cosmópolis, Itirapina e Americana. Este ano, o coral foi aplaudido no Festival Internacional de Corais (FIC), e na Feira Tom Jobim, em Belo Horizonte. Na próxima sexta, dia 18, o Coral Afro Thulany fará participação especial no “EPM em Concerto II ”, apresentação de fim de ano dos alunos dos cursos da Escola Popular de Música. Na ocasião estarão no palco do Teatro Vitória alunos de teclado e canto. O evento começa as 19h30, com classificação indicativa livre. Os ingressos custarão R$3,00 (preço único). Thayla Ramos – Estagiária de Comunicação Prefeitura de Limeira Secretaria Municipal da Cultura (19)3451.0502 http://br.mc511.mail.yahoo.com/mc/compose?to=culturalimeira@yahoo.com.br http://www.culturalimeira.blogspot.com/ www.twitter.com/culturalimeira.com

O CIRCO

Prévia da Mostra Municipal de Circo descentraliza cultura A Secretaria da Cultura de Limeira realizará no ano que vem a Mostra Municipal de Circo, que antecederá o festival paulista de circo organizado pelo governo do Estado. A prévia da mostra municipal será em dezembro, sendo o segundo e último espetáculo nesta terça-feira, dia 15 de dezembro, com entrada franca. A classificação indicativa é livre para todas as idades. A iniciativa se apóia ainda na descentralização da Cultura. O Centro Esportivo do Sesi, na Avenida Major José Levy Sobrinho, recebe o grupo LaMínima com o espetáculo “Luna Parke”. Apoiados na figura do palhaço, os atores recriam o ambiente de um “parque de atrações” com brinquedos, atrações bizarras, vendedores de milagres, encenações de farsas, entre outros. O LaMínima é o responsável por um dos espetáculos mais comentados de São Paulo, “A Noite dos Palhaços Mudos”. A montagem valeu à dupla de atores Domingos Montagner e Fernando Sampaio o Prêmio Shell de Teatro 2008 e a indicação ao prêmio Bravo de melhor espetáculo de teatro, duas das principais premiações na área da cultura nacional. “Luna Parke” é apoiado pelo Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura - Programa de Ação Cultural de 2009, com realização do Grupo LaMínima. Mesmo quem não é sócio do SESI poderá acompanhar a apresentação. Nas iniciativas, a Prefeitura de Limeira e a Secretaria Municipal da Cultura terão o apoio da Secretaria de Estado da Cultura, SESC-SP, SESI Limeira, Sindicato do Comércio Varejista de Limeira (Sicomércio) e Oficina Cultural Regional Carlos Gomes. No último sábado, na Praça Toledo Barros, o outro espetáculo da prévia, “A Noiva do Defunto”, recebeu um bom público. A peça é adaptação de um texto português de humor da década de 1950 e foi apresentada durante décadas pelo Circo do Piranha. A apresentação coube ao Grupo Andaime de Teatro, da Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP). Prefeitura de Limeira Secretaria Municipal da Cultura (19) 3451.0502 http://br.mc511.mail.yahoo.com/mc/compose?to=culturalimeira@yahoo.com.br

FELICITAÇÕES DE NATAL E ANO NOVO

" O Estudante de Jornalismo e assessor do Vereador Farid Zaine (PDT) de Limeira, Ronald Gonçales, é um dos amigos que nos enviam cartões ou mensagens de boas festas todos os anos. Este ano, ele elaborou o lindo texto abaixo, o qual não poderia deixar de publicar".
Votos de felicidades... Mais um dezembro que chega. Dezembro, este é o mês todo mágico, em que de dentro de nossos corações uma sensibilidade absoluta reina, trazendo e transmitindo paz, boas vibrações, alegrias, afetos e amizade verdadeira. Neste período parecemos que estamos realizados, depois de um ano de muita luta, decepções, alegrias, conquistas, vitórias e perdas. E é tudo isso que integra a construção real do que somos. A vida não é só fácil e nem só difícil. A vida não é absoluta. A vida não oferece sempre as respostas... E a gente? Ah! A gente acerta, erra, perde e ganha... E, quer saber? É isso que torna a nossa vida ainda mais bela, mais cheia de poesias, rimas e sorrisos! Pois então, desejo um Natal repleto de harmonia. Que, em minutos, pelo menos, você possa fechar seus olhos, lembrar de atos importantes que teve em sua vida, agradecer pelos seus sentidos, pelos seus amigos, pelos seus novos sonhos – e os já concluídos. Pelas novas músicas, pelos novos espetáculos, pelos novos shows. Pelos amores que chegaram. Pelos amores que partiram – Porque é assim que a gente aprende o sentido da palavra eterno. Pelo conhecimento adquirido. Pela família. Pela sintonia com as crianças... Pelos banhos de chuva... Pelo aroma das flores, da terra, do mato molhado. Pela simplicidade das ações. Pelo coração disparado ao notar um sorriso verdadeiro de uma criança. Desejo um Natal assim, belo e pleno! Lembre-se das dores, mas principalmente de quem você se tornou depois delas. Porque é isso o mais importante. E, para 2010, desejo saúde, sucesso, trabalho e verdade. Infelizmente, a sociedade parece correr sempre para algum lugar. Já sentiram o quanto que a loucura dos dias tem deixado de lado momentos que realmente valem a pena? Então, anotem na agenda o que desejo para o ano que está prestes a chegar: 1- Tome banho de chuva. Muito. 2- Ligue para os amigos mais. Mesmo que esteja um pouco alegrinho... Os amigos verdadeiros adoram esses momentos. 3- Ria mais da vida e de você mesmo, ria muito de você mesmo. Faça de você o seu melhor palco. 4- Seja sincero sempre. Se gosta, diga. Se não gosta, diga. Se afaste de gente que é muito negativa. Se aproxime de gente com boas energias! 5- Aprecie a sua família. Você pode discordar dela muito. Não tem problema. Ame-a assim mesmo. 6- Reserve tempo para você mesmo. Vá ao cinema sozinho, pelo menos algumas vezes. Fique no seu quarto trancado ouvindo o seu som predileto. Medite. Pense. Tenha calma, tudo sempre se ajeita. 7- Coma mais brigadeiro sem sentir culpa. Não precisa nem transforma-lo naquelas bolinhas simpáticas. Coma-o direto da panela. Faça-o do seu jeito. Lambuze-se e sinta o prazer de fazer algo tão simples e tão completo! 8- Brinque mais com crianças. Delicie-se mais com seus sorrisos. Observe a alma das crianças. Não é fascinante? Aprenda sobre sinceridade com as crianças e nunca permita que a passagem à vida adulta o torne um reclamão sem tempo ou uma mal-humorada sem objetivos. Mantenha a alma de criança. 9- Tenha muitas pessoas por perto, mas saiba quem são os seus verdadeiros amigos. Abuse do ombro de seus amigos. Deixe que eles abusem também do seu. É um relacionamento fascinante. 10- Faça mais loucuras. Viaje num final de semana prolongado. Não pense somente nos gastos. Pense na importância que cada opção tem em sua vida. 11- Tenha animais de estimação, qualquer um. Brinque com eles. Olhe no olho deles. Converse com eles. É uma relação mágica e muito se aprende sobre fidelidade com eles. Desejos, alegrias e aprendizagem! Tudo de melhor, de muito melhor, sempre! Abraços, Ronald Gonçales Aos 15 dias do mês de dezembro de 2009.

AÇÕES GOVERNAMENTAIS

Sessão Extraordinária da Câmara Municipal de Limeira 16 de Dezembro – 13h Plenário “Vereador Vitório Bortolan” I – Redação Final do Projeto de Lei Complementar nº398/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que institui o Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU progressivo no tempo, altera a Lei nº. 1.890, de 23 de dezembro de 1983 e dá outras providências. II – Projeto de Lei nº408/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que perpetua o nome de Nair Bello Sousa Francisco ao teatro, localizado nas dependências do Centro de Formação do Professor e dá outras providências. III – Projeto de Lei nº418/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que cria o projeto "Produtor de Águas", autoriza o Poder Executivo a prestar apoio financeiro aos proprietários rurais e dá outras providências. IV – Projeto de Lei nº425/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que dispõe sobre o programa "Cidade da Leitura" no Município de Limeira e dá outras providências. V – Projeto de Lei Complementar nº427/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que acrescenta dispositivo na Lei Complementar nº. 1.890 de 23 de dezembro de 1983 e dá outras providências. VI – Projeto de Lei Complementar nº430/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que institui o Programa de Locação Social no Município de Limeira na forma que se especifica, e dá outras providências. VII – Projeto de Lei nº431/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que institui, no âmbito da Prefeitura Municipal de Limeira, tratamento diferenciado e favorecido ao Microempreendedor Individual - MEI, para o licenciamento de atividades de baixo risco e dá outras providências. VIII – Projeto de Lei nº433/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que autoriza o Município de Limeira a celebrar convênios e ou termo aditivos com o Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural do Estado de São Paulo - FUSSESP. Agenda: Sessão Extraordinária Dia 16 de dezembro (quarta-feira) 13h - Plenário "Vereador Vitório Bortolan" Júnia Mariano Depto. Assessoria de Imprensa
Rua Pedro Zaccaria, 70 Fone/Fax: 19 3404.7500 CEP: 13484.350 LIMEIRASP

CONFERÊNCIA DE CONPENHAGUE

Obama em Oslo: o discurso da hipocrisia imperial por : Miguel Urbano Rodrigues
O discurso farisaico de Obama configurou uma ofensa à inteligência e dignidade dos povos agredidos, explorados e humilhados pelo imperialismo 14/12/2009 Miguel Urbano Rodrigues
Talvez nenhum outro Prêmio Nobel da Paz tenha suscitado tão ampla e justa polêmica a nível mundial como o atribuído a Barack Obama.
Admito que no futuro o discurso que ele pronunciou em Oslo, em 10 de dezembro, será recordado como o discurso da hipocrisia imperial.
Nove dias antes, o cidadão-presidente Obama decidira enviar para o Afeganistão mais 30.000 soldados, elevando para 100.000 os efetivos do exército norteamericano que invadiu aquele pais há 8 anos. Consciente de que o discurso da paz era na circunstância incompatível com o envolvimento atual dos EUA em múltiplas guerras de agressão, o novo Prêmio Nobel tentou justificá-las em nome de valores eternos da condição humana.
Apresentou o apocalipse afegão como uma "guerra necessária" travada em defesa da humanidade. Falou de "promessa de tragédia", reconhecendo, pesaroso, que, nas guerras, "uns matam, outros morrem". Omitiu que a tragédia desencadeada no coração da Ásia não é promessa, mas monstruosa realidade. E omitiu também que é a sua gente, cumprindo ordens criminosas, que mata e os "outros" que morrem
Não disse que no Afeganistão morreram, até fim de Novembro, somente 849 soldados americanos, os agressores, mas mais de 100.000 entre os agredidos, metade dos quais de fome. Traçando uma fronteira entre as "guerras necessárias" e aquelas que não o são, Obama afirmou que "um movimento não violento não teria podido deter os exércitos de Hitler". Mas enunciou essa evidência para estabelecer um paralelo grotesco entre a Al Qaeda e o III Reich nazista. Identifica na invasão do Afeganistão uma exigência da defesa do povo dos EUA porque "os líderes da Al Qaeda (organização inexpressiva num pais onde o árabe é uma língua desconhecida do povo) não aceitam depor as armas".
Fica implícito que o Estado mais rico e poderoso do mundo considerou imprescindível à sua segurança que as Forças Armadas norteamericanas atravessassem um oceano e dois continentes para irem combater, num dos países mais atrasados e pobres do mundo, o líder de uma seita de fanáticos. Pela primeira vez na História um governo declarou guerra não um Estado, mas a um terrorista, guindando-o à condição de interlocutor. Com a peculiaridade de que, sendo desconhecido o seu paradeiro, o alvo e a vítima dessa guerra irracional foi e continua a ser o povo entre o qual, supostamente, se ocultaria Bin Laden.
No mesmo dia em que Obama recebia o Nobel da Paz na Noruega, o general Stanley McCrhystal fazia perante o Congresso dos EUA de gala, com o peito constelado de condecorações – as medalhas dos guerreiros agressores são tradicionalmente atribuídas em função da quantidade de massacres que cometeram pela “salvação da pátria”- o comandante supremo na área Afeganistão-Paquistão reafirmou a sua certeza na vitória de uma "guerra justa e necessária". São complementares o seu discurso e o de Obama.
A violência na história
Enquanto Obama lutou pela Presidência e nos primeiros meses de Governo, o seu discurso, embora retórico, apresentou matizes humanistas.
Mesmo entre adversários ideológicos, perdurou durante algum tempo uma dúvida: seria o jovem presidente um estadista fiel a princípios e valores éticos e que somente não iria mais longe por ser travado pela engrenagem do sistema de poder?
O balanço da sua política em onze meses não lhe favorece a imagem. Não obstante o massacre midiático promovido para o erigir no "salvador" de que o capitalismo em crise estrutural necessitava, a ideia de que o Presidente dos EUA não concretizou compromissos assumidos porque o grande capital e o Pentágono o impediram é negada pela realidade da vida.
Por si só, a escalada no Afeganistão fez ruir o mito do eticismo do presidente. Sobra apenas a retórica.
O discurso de Oslo tripudia sobre a razão e a ética. Sob o manto do "poder moral", Obama, movendo-se num labirinto de hipocrisia e de contradições, pretende persuadir os povos de que o poder imperial dos EUA está a serviço da humanidade quando, dolorosamente, recorrem à violência para defender, segundo ele, a liberdade, a democracia, a civilização.
Marx captou a realidade ao afirmar que a violência tem funcionado como parteira da História.
Pouco mudou em milhares anos. No nosso tempo a humanidade nada num oceano de violência. Nos últimos 60 anos em guerras e outros flagelos, cuja responsabilidade no fundamental cabe ao imperialismo, morreram ou foram feridas 60 milhões de pessoas, quase tantas como na II Guerra Mundial.
Num livro maravilhoso [1], Georges Labica – um dos grandes filósofos do século XX e um dos raríssimos intelectuais contemporâneos que fez da cultura integrada o cimento de uma obra luminosa pela inteligência e saber – lembra-nos que o capitalismo é a pátria de um sistema que escraviza (e emancipa através da revolta) e que a globalização da violência reflete afinal o estado da sociedade modelada e oprimida pelas suas engrenagens.
As guerras “necessárias” não são, porém, as que os EUA travam na Ásia contra povos misérrimos cujas riquezas saqueiam.
Essas, as "justas", são inseparáveis do direito à sobrevivência de povos agredidos por outros, as que opõem a violência libertadora à violência opressora. Já dizia Maquiavel que "os levantamentos de um povo livre são raramente perniciosos à sua libertação".
A História apresenta-nos ao longo dos séculos exemplos expressivos, por vezes comovedores, de tais guerras, autênticas epopeias nacionais. A resistência armada é então nelas o desembocar da vontade coletiva.
Isso aconteceu no combate à barbárie do III Reich Alemão; na luta do Vietnam contra os EUA, na saga argelina, no batalhar multissecular pela independência dos povos da Ásia, da América Latina e da África contra o colonialismo e pelo direito a construírem o seu próprio futuro como sujeitos da História; acontece hoje na luta épica do povo palestino contra o sionismo neonazista, na resistência dos povos do Iraque e do Afeganistão à ocupação imperial norteamericana.
O discurso farisaico de Obama em Oslo, aclamado pelos sacerdotes do sistema opressor, seus cúmplices, configurou uma ofensa à inteligência e dignidade dos povos agredidos, explorados e humilhados pelo imperialismo.
[1] Georges Labica, “ Théorie de la Violence”, Ed.La Cita del Sole, Napoles, e Librairie Philosophique J.Vrin, Paris, Dezembro de 2007.
Miguel Urbano Rodrigues é jornalista e escritor português.

Extraído: http://www.brasildefato.com.br/v01/agencia/analise/obama-em-oslo-o-discurso-da-hipocrisia-imperial/view

COPIANDO E REPASSANDO

"Esta secção, tem como objetivo socializar através da leitura dos posts uma obra literária de vulto. Todo dia será postado um texto do livro a ser abordado. Quem tiver sugestões e queira colaborar, envie nome das obras ou as mesmas para este exercício de compartilhar arquivos e conhecidos. Endereço Eletrônico: revupoeta@yahoo.com.br ou revupoeta@gmail.com “.
A OBRA
Vamos iniciar com a coletânea Mulheres, que reuni textos do escritor Uruguaio Eduardo Galeano. A obra compõe escritos de vários livros do autor, como a trilogia Memória do Fogo, O livro dos Abraços, Vagamundo, Palavras Andantes, Dias e Noites de Amor e Guerra, entre outros. Galeano autor do best seller As veias abertas da América Latina, faz uma homenagem carinhosa a mulheres ilustres e anônimas que ajudaram a construir a História das Américas.
TEXTO
CLAÚDIA
Com a mão movia as nuvens e desatava ou afastava as tormentas. Em um piscar de olhos trazia gente de terras longínquas e tambem da morte. A um corregedor das minas de Porco mostrou Madrid sua pátria, em um espelho; e a Dom Pedro de Ayamonte, que era de Utrera, serviu na mesa tortas recém feitas em um forno de lá. Fazia brotar jardins nos desertos e convertia em virgens as amantes mais sabidas. Salvava os perseguidos que buscavam refúgio em sua casa transformando-os em cães ou gatos. Ao mau tempo, boa cara, dizia, e contra a fome, violeiros: tangia a viola e agitava a pandeireta e assim ressuscitava os tristes e os mortos. Podia dar a palavra aos mudos e toma-la dos charlatões. Fazia o amor á intempérie, com um demônio muito negro, em pleno campo. A partir da meia noite voava.
Tinha nascido em Tucumán e morreu, esta manhã de 1674, em Potosí. Em agonia chamou um padre jesuíta e lhe disse que tirasse de uma gavetinha certas figuras de cera e tirasse os alfinetes que tinha pregado, pois assim se curariam cinco padres que ela tinha adoecido.
O sacerdote ofereceu-lhe confissão e misericórdia divina, mas ela deu risada e rindo morreu.

CASO DA MERENDA ESCOLAR I

A ação civil pública movida pelo promotor Cléber Masson contra o prefeito Sílvio Félix, o secretário de Educação, Antônio Montesano Neto, SP Alimentação e quatro de seus dirigentes, mais três integrantes da comissão de licitações da Prefeitura, é extremamente detalhada que não cabe numa só postagem.Esmiuçarei a sustentação do Ministério Público ao longo da semana, mostrando as alegações de cada irregularidade verificada no inquérito 23/2007.Nesta primeira parte, veremos as argumentações do promotor em relação à violação de algumas regras federais com a contratação da SP Alimentação para o fornecimento de merenda escolar.Masson lembra que, pelas normas do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), a União é responsável por repasses de verbas diretamente aos municípios.
Os valores são baseados no censo escolar do ano anterior.As verbas, as quais devem ser prestadas contas ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e fiscalizadas pelo Conselho de Alimentação Escolar (CAE), destinam-se:a)exclusivamente à compra de gêneros alimentícios;b)utilizadas no mínimo 30% na compra de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural;c)utilizadas, sempre que possível, na compra de produtos da região, visando a redução de custos e o respeito à cultura e à tradição alimentar da localidade.
Além dessa verba da União, o Município recebe também verbas repassadas pelo Estado de São Paulo. A subvenção anual somente pode ser utilizada na produção e compra de alimentos, ficando vedada sua aplicação no preparo e na distribuição da merenda, no pagamento de pessoal, na compra de combustíveis e de veículos utilizados para o preparo e distribuição da merenda.Diante destas considerações, o MP entende que o Município está legalmente impedido de utilizar os recursos do FNDE e do Estado para a contratação de serviços diversos à compra de produtos alimentícios.
Porém, o objeto da licitação vencida pela SP Alimentação em 2005 diz: "prestação de serviços de preparo, nutrição, armazenamento, distribuição nos locais de consumo, logística, manutenção corretiva e preventiva dos equipamentos e utensílios utilizados, com o emprego de mão de obra e treinamento do pessoal, bem como for de todos os gêneros alimentícios e demais insumos utilizados, incluindo a prestação de serviços de limpeza nas cozinhas das unidades escolares durante o período de aulas ministradas na rede oficial".
Nos objetos em negrito, prossegue o MP, está vedado o emprego de verbas do FNDE e do Estado de São Paulo.Tendo essas argumentações, o promotor afirma que é impossível saber, por exemplo, se as verbas legalmente destinadas à compra de gêneros alimentícios são utilizadas com esse escopo, ou então, para o pagamento de salários dos empregados da SP Alimentação, manutenção de equipamentos, treinamento de pessoal ou, ainda, serviços de limpeza.
"Do mesmo modo, as verbas não foram utilizadas, no mínimo em 30%, na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou de suas organizações, eis que tal obrigação não foi repassada, contratualmente, à empresa SP Alimentação e Serviços Ltda", aponta a ação.Masson diz ainda ser impossível precisar se as verbas foram utilizadas na compra de gêneros alimentícios da região de Limeira, já que, mais uma vez, essa obrigação não foi repassada em contrato à SP.
O promotor acredita que o fornecimento da refeição pronta afasta da licitação vários pequenos produtores, inviabilizando a competição e aumentando os custos da merenda escolar.
Conclusão do MP: "é completamente ilegal a celebração de contrato para o fornecimento de refeições prontas, pois o Município de Limeira recebe verbas específicas para cada parcela da merenda de fontes diversas e sujeitas a prestações de contas próprias". Desta forma, a contratação da SP Alimentação violou as regras do Programa Nacional de Alimentação Escolar.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

AÇÕES GOVERNAMENTAIS

Resultado da Ordem do Dia da Câmara Municipal de Limeira Sessão - dia 14/12/2009 I – 1° Turno de Discussão e Votação do Projeto de Lei n°334/09, de autoria do Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal, que estima a Receita e fixa a despesa do Município para o exercício de 2010. (Aprovado com emendas) = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = II – Redação Final do Projeto de Decreto Legislativo n°17/09, de autoria do nobre Vereador Paulo Cezar Junqueira Hadich, que fica concedido o Título de Cidadão Limeirense ao Senhor Joaquim Augusto Pereira Lazari. (Aprovado) = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = III – Redação Final do Projeto de Lei Complementar n°369/09, de autoria do Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal, que altera a Lei nº 1.890, de 23 de dezembro de 1983, e dá outras providências. (Aprovado) = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = IV – Projeto de Lei n°336/09, de autoria da nobre Vereadora Nilce Segalla, que dispõe sobre a obrigatoriedade dos hotéis, pensões, motéis ou congêneres, a afixar placa de proibição de hospedagem de crianças e adolescentes nos termos da Lei Federal 12.038/09 e dá outras providências. (Aprovado o substitutivo) = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = V – Projeto de Lei n°385/09, de autoria do nobre Vereador Paulo Cézar Junqueira Hadich, que perpetua o nome da Senhora Marisa Giacon da Silva à Rua 06 do Jardim Porto Real IV no Município de Limeira. (Aprovado) = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = VI – Projeto de Lei n°401/09, de autoria do nobre Vereador José Farid Zaine, que inclui no Calendário de Eventos do Município de Limeira a Feira de Projetos e Tecnologia. (Aprovado com emenda) = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = VII – Projeto de Decreto Legislativo n°26/09, de autoria do nobre Vereador José Farid Zaine, que concede o Diploma de Gratidão da Cidade de Limeira e Medalha Mérito Cívico XV de Setembro – Ordem de Tatuiby ao Senhor Professor José Henrique Heydman Júnior. (Aprovado com emenda) = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = VIII – Projeto de Lei n°409/09, de autoria do nobre Vereador Carlos Eduardo da Silva, que perpetua o nome do Doutor Célio Pedro Perissoto na Rua Um do Jardim Porto Real IV, do Município de Limeira. (Aprovado) = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = IX – Projeto de Lei n°410/09, de autoria do nobre Vereador Carlos Eduardo da Silva, que altera a ementa e o artigo primeiro da Lei Municipal n°4.369 de 22 de abril de 2009, que dispõe sobre a instalação de bebedouros e banheiros para atendimento ao público nas casas lotéricas situadas no Município de Limeira, e dá outras providências. (Encaminhado para análise da Comissão Permanente de Obras) = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = X – Projeto de Lei n°415/09, de autoria do nobre Vereador Silvio Marcelo Francisco Brito, que inclui no Calendário Oficial de Eventos do Município a Festa de Nossa Senhora das Graças da Paróquia Menino Jesus. (Aprovado) = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = Carla Pizani Depto. Assessoria de Imprensa
Rua Pedro Zaccaria, 70 Fone/Fax: 19 3404.7500 CEP: 13484.350 LIMEIRASP

DE LIMEIRA PARA O BOLSHOI

O sonho de inúmeras bailarinas do mundo é realizado pela limeirense Fabiana Granusso. Ela irá se formar em dança contemporânea após dois anos de curso na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, a única da renomada e tradicional companhia fora da Rússia. Parabéns Faniana!

COPIANDO E REPASSANDO

"Esta secção, tem como objetivo socializar através da leitura dos posts uma obra literária de vulto. Todo dia será postado um texto do livro a ser abordado. Quem tiver sugestões e queira colaborar, envie nome das obras ou as mesmas para este exercício de compartilhar arquivos e conhecidos. Endereço Eletrônico: revupoeta@yahoo.com.br ou revupoeta@gmail.com “.
A OBRA
Vamos iniciar com a coletânea Mulheres, que reuni textos do escritor Uruguaio Eduardo Galeano. A obra compõe escritos de vários livros do autor, como a trilogia Memória do Fogo, O livro dos Abraços, Vagamundo, Palavras Andantes, Dias e Noites de Amor e Guerra, entre outros. Galeano autor do best seller As veias abertas da América Latina, faz uma homenagem carinhosa a mulheres ilustres e anônimas que ajudaram a construir a História das Américas.
TEXTO
JUANA AOS QUARENTA E DOIS
Lágrimas da vida inteira, brotadas do tempo e da pena, empapam a sua cara. No fundo, no triste, vê nublado o mundo. Derrotada, diz adeus.
Vários dias durou a confissão dos pecados de toda a sua existência frente ao impassível, implacável padre Antonio Núfiez de Miranda, e todo o resto será penitência. Com tinta de seu sangue escreve uma carta ao Tribunal Divino, pedindo perdão.
Já não navegarão suas velas leves e suas quilhas graves pelo mar da poesia. Sor Juana Inês de La Cruz abandona os estudos humanos e renuncia as letras. Pede a Deus que lhe dê como presente o esquecimento e escolhe o silêncio, aceita-o, e assim perde a América a sua melhor poetisa.
Pouco sobreviverá o corpo a este suicídio da alma. Que se envergonha a vida de durar-me tanto...

POLÍCIA DE BERLUSCONI REPRIME MANIFESTANTES

Vejam no youtube a manifestação anti-fascista de ontem, em Milão, em memória do Massacre de Piazza Fontana (12 do 12 de 1969L uma bomba num banco que matou 17 pessoas: bem no estilo do que aqui a Ditadura tinha programado para o Riocentro...)
Vejam como a policia barra a entrada dos manifestantes na praça e como eles gritam por justiça, 40 anos depois: isso no país onde o governo pretende dizer que Battisti não é objeto de perseguição política.

LICITAÇÕES EM LIMEIRA SOB INVESTIGAÇÃO DO MP

O Ministério Público de Limeira instaurou procedimento para apurar eventuais irregularidades na condução de 4 licitações por parte da Prefeitura de Limeira.São três os representados: além do Município de Limeira, estão o prefeito Sílvio Félix e a empresa R.Maluf Engenharia e Construções, de propriedade do ex-presidente da Associação Comercial e Industrial de Limeira (Acil), Renato Maluf.As 4 licitações que serão apuradas pela Promotoria são:Carta-Convite nº38/2008O objetivo desta licitação foi a construção de uma rampa e uma escada entre o Jardim Bartolomeu Grotta e o Residencial Fênix.
Segundo matéria publicada pelo site Jornalistas.blog.br em 29 de janeiro, a R.Maluf e a JCM Construtora foram derrotadas na licitação pela empresa KN Canesin, pelo valor de R$ 96 mil.De acordo com o texto, de autoria dos jornalistas Paulo Correa e João Leonardi, uma nova rodada foi lançada, estranhamente, e o preço subiu para R$ 108 mil, dando empate entre a KN Canesin e a JCM - a comissão de licitações deu vitória à KN usando critério de desempate.
A KN Canesin, segundo o mesmo site, pertence ao engenheiro Marco Antônio Canesin, cunhado do secretário da Educação, Antônio Montesano Neto - a proximidade de parentesco e o fato da empresa ganhar diversas licitações na área de educação chegaram a ser apuradas pela Comissão de Fiscalização dos Atos do Executivo, na Câmara Municipal de Limeira, mas não se chegou a lugar algum.
Leia a matéria na Integra aqui:

domingo, 13 de dezembro de 2009

CONTRA A ANISTIA AOS TORTURADORES

DIGA NÃO À ANISTIA PARA OS TORTURADORES, SEQUESTRADORES E ASSASSINOS DOS OPOSITORES À DITADURA MILITAR. Se você concorda conosco, complete o formulário assinando a petição que é enviada para os ministros do Supremo Tribunal Federal e para o Procurador Geral da República.
Acesse este link e assine Manifesto: http://www.ajd.org.br/contraanistia_port.php

CONVITE

CONVIDAMOS À TODOS PARA O ESPETÁCULO DE NATAL – “ALEGRIA”.
Local: IGREJA CRISTO REI - ATIBAIA
18 DE DEZEMBRO – 6ª Feira – 20:00hs -
CORAL BEL CANTO - CORAL CLUBE DA TERCEIRA IDADE - CORAL SAAE - GRUPO CANTABILE - SCHOLA CANTORUM - Participação especial: CORAL DOWN MAIOR Alunos da APAE
Regência: MAGDA CRISTINA JARUSSI

sábado, 12 de dezembro de 2009

PARABENS AO JORNALISTAS.BLOG.BR

VIDA LONGA PARA OS ADMINISTRADORES DO BLOG: DANIEL HELD E JOÃO LEONARDI.
E VIDA A DIVERSIDADE QUE SE CHEGA A UNIDADE.
http://www.jornalistas.blog.br/jornalistas3.0/artigo.php?idArtigo=1284

AÇÕES GOVERNAMENTAIS

Ordem do dia da Sessão da Câmara Municipal de Limeira Sessão - dia 14 de Dezembro de 2009 18 horas I – 1° Turno de Discussão e Votação do Projeto de Lei n°334/09, de autoria do Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal, que estima a Receita e fixa a despesa do Município para o exercício de 2010. = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = II – Redação Final do Projeto de Decreto Legislativo n°17/09, de autoria do nobre Vereador Paulo Cezar Junqueira Hadich, que fica concedido o Título de Cidadão Limeirense ao Senhor Joaquim Augusto Pereira Lazari. = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = III – Redação Final do Projeto de Lei Complementar n°369/09, de autoria do Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal, que altera a Lei nº1.890, de 23 de dezembro de 1983, e dá outras providências. = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = IV – Projeto de Lei n°336/09, de autoria da nobre Vereadora Nilce Segalla, que dispõe sobre a obrigatoriedade dos hotéis, pensões, motéis ou congêneres, a afixar placa de proibição de hospedagem de crianças e adolescentes nos termos da Lei Federal 12.038/09 e dá outras providências. = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = V – Projeto de Lei n°385/09, de autoria do nobre Vereador Paulo Cézar Junqueira Hadich, que perpetua o nome da Senhora Marisa Giacon da Silva à Rua 06 do Jardim Porto Real IV no Município de Limeira. = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = VI – Projeto de Lei n°401/09, de autoria do nobre Vereador José Farid Zaine, que inclui no Calendário de Eventos do Município de Limeira a Feira de Projetos e Tecnologia. = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = VII – Projeto de Decreto Legislativo n°26/09, de autoria do nobre Vereador José Farid Zaine, que concede o Diploma de Gratidão da Cidade de Limeira e Medalha Mérito Cívico XV de Setembro – Ordem de Tatuiby ao Senhor Professor José Henrique Heydman Júnior. = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = VIII – Projeto de Lei n°409/09, de autoria do nobre Vereador Carlos Eduardo da Silva, que perpetua o nome do Doutor Célio Pedro Perissoto na Rua Um do Jardim Porto Real IV, do Município de Limeira. = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = IX – Projeto de Lei n°410/09, de autoria do nobre Vereador Carlos Eduardo da Silva, que altera a ementa e o artigo primeiro da Lei Municipal n°4.369 de 22 de abril de 2009, que dispõe sobre a instalação de bebedouros e banheiros para atendimento ao público nas casas lotéricas situadas no Município de Limeira, e dá outras providências. = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = X – Projeto de Lei n°415/09, de autoria do nobre Vereador Silvio Marcelo Francisco Brito, que inclui no Calendário Oficial de Eventos do Município a Festa de Nossa Senhora das Graças da Paróquia Menino Jesus. = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

A SEMANA NA CÂMARA

Agenda 14 a 18 de Dezembro de 2009 Segunda-feira (dia 14) 18h – Sessão ordinária. Local – Plenário “Vereador Vitório Bortolan”. Terça-feira (dia 15) 8h30 às 18h – 4ª Conferência Municipal da cidade de Limeira. Evento agendado pela Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo. 3404-9747. Local – Plenário “Vereador Vitório Bortolan”. Quinta-feira (dia 17) 19h30 – Premiação do Projeto “IV Limeira Leitura”, evento agendado pela Secretaria Municipal de Educação. Local – Plenário “Vereador Vitório Bortolan”. Sexta-feira (dia 18) 19h – Colação de grau 8ª série da Escola Estadual “Professor José Ferraz Sampaio Penteado”. Local – Plenário “Vereador Vitório Bortolan” A Câmara Municipal de Limeira fica localizada a Rua Pedro Zaccaria, 70, Jardim Nova Itália. Telefone (19) 3404-7500 ou 3404-7522 ou 3404-7529(Imprensa). Júnia Mariano Depto. Assessoria de Imprensa
Rua Pedro Zaccaria, 70 Fone/Fax: 19 3404.7500 CEP: 13484.350 LIMEIRASP

AÇÕES GOVERNAMENTAIS

Resultado da Sessão Extraordinária 11/12/2009
I – 1° Turno de Discussão e Votação do Projeto de Lei n°334/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que estima a Receita e fixa a despesa do Município para o exercício de 2010. (Prejudicado) II – Projeto de Lei Complementar n°379/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que altera dispositivos da Lei Complementar n° 280, de 26 de setembro de 2002 e dá outras providências. (Prejudicado) III – Projeto de Lei Complementar n°416/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que autoriza o Poder Executivo, através do Centro de Promoção Social Municipal - CEPROSOM, a conceder contribuição financeira à Entidade Associação Casa da Criança Santa Teresinha, incluindo-a na relação das subvenções, auxílios e contribuições da Lei Municipal n. 4.340 de 23 de dezembro de 2.008. (Aprovado) IV – Projeto de Lei Complementar n°417/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que altera dispositivos da Lei Complementar n°. 1.890 de 23 de dezembro de 1983 e dá outras providências. (Aprovado) V – Projeto de Lei n°418/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que cria o projeto "Produtor de Águas", autoriza o Poder Executivo a prestar apoio financeiro aos proprietários rurais e dá outras providências. (Prejudicado) VI – Projeto de Lei n°419/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que altera dispositivo da Lei Municipal n°3184, de 17 de maio de 2000, que proíbe a instalação de novos bares e choperias localizados a menos de cem metros de estabelecimento de ensino no Município de Limeira. (Aprovado) VII – Projeto de Lei n°420/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que dispõe sobre a criação do Fundo de Mobilidade Urbana de Limeira e dá outras providências. (Aprovado) VIII – Projeto de Lei n°421/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que dispõe sobre medidas de controle da poluição atmosférica, por meio da avaliação da emissão de fumaça preta de veículos movidos a óleo diesel e dá outras providências. (Aprovado) IX – Projeto de Lei n°422/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que dispõe sobre o uso de produtos e subprodutos florestais de origem nativa da flora brasileira em obras públicas e privadas e dá outras providências. (Aprovado) X – Projeto de Lei Complementar n°423/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que autoriza o Município a alienar bem que especifica para construção de Rodoviária e a locar o imóvel por 30 (trinta) anos. (Prejudicado) Carla Pizani Depto. Assessoria de Imprensa
19 3404.7529
Rua Pedro Zaccaria, 70 Fone/Fax: 19 3404.7500 CEP: 13484.350 LIMEIRASP

APOIO AS MÃES DE MAIO

NESTA SEMANA DE INTENSAS MOBILIZAÇÕES POR CONTA DO DIA INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS (10/12), ESTAMOS DANDO INÍCIO À COLETA DE ASSINATURAS PARA O PEDIDO DE DESARQUIVAMENTO E FEDERALIZAÇÃO DAS INVESTIGAÇÕES SOBRE OS "CRIMES DE MAIO DE 2006", COMETIDOS POR AGENTES POLICIAIS DO ESTADO DE SÃO PAULO E GRUPOS PARAMILITARES DE EXTERMÍNIO LIGADOS A ELES. FAVOR ASSINAREM E REPASSAREM ESTE MANIFESTO, QUE DEPOIS SERÁ ENTREGUE AO PODER EXECUTIVO FEDERAL. PARA ADERIREM À PETIÇÃO ON-LINE, BASTA ENTRAR AQUI: http://www.petition online.com/ maesmaio/ petition. html . SEGUIMOS FIRMES E ATENTAS!!! VAMOS AMPLIAR ESTA CORRENTE POR JUSTIÇA!!! MÃES DE MAIO Mais informações: 13-8124-9643 (falar com Débora) - Manifesto pelo Desarquivamento e Federalização das Investigações sobre os "Crimes de Maio de 2006" cometidos por agentes policiais do Estado de São Paulo e grupos de extermínio paramilitares ligados a eles – ATÉ QUANDO O ESTADO CONTINUARÁ TORTURANDO E MATANDO? ATÉ QUANDO A POPULAÇÃO VAI TOLERAR EM SILÊNCIO? à População Brasileira e Internacional de forma ampla, geral e irrestrita à Presidência da República do Brasil, na pessoa do Presidente Sr. Luís Inácio Lula da Silva à Casa Civil, na pessoa da Ministra Sra. Dilma Roussef ao Ministério da Justiça, na pessoa do Ministro Sr. Tarso Genro e à Secretaria Especial de Direitos Humanos, na pessoa do Secretário Sr. Paulo Vanucchi “De aqui, de dentro da guerra, qualquer tropeço é motivo. A morte te olha nos olhos. Te chama, te atrai, te cobiça. De aqui, de dentro da guerra, não tem DIU nem camisinha que te proteja da estúpida reprodução da fome, da miséria, da ínfima estrutura que abafa o cantar das favelas: antigas senzalas modernas. Cemitério Geral das pessoas.” Poeta Dinha, Parque Bristol, Periferia-SP
Se levarmos a sério tudo aquilo que o conceito de “democracia” promete, o Brasil obviamente nunca concluiu sua “transição democrática”. Muito pelo contrário. Quem vive nas favelas e comunidades periféricas do país, sabe na pele o quê isso significa. Vivemos num país cada vez mais dividido por um abismo entre duas classes de pessoas: aquelas que são consideradas “seres humanos portadores de direitos” porque têm mais dinheiro e, via de regra, tem a pele mais clara; e aquelas “pessoas que não são consideradas sequer seres humanos”, tratadas como bicho por terem a cor da pele quase sempre mais escura, não terem dinheiro e. quando muito, terem um emprego precário, podendo desse modo serem descartadas e massacradas pelo sistema que, sob sua lógica, as pode substituir com facilidade. A essa imensa maioria das pessoas, até para que elas permaneçam sendo exploradas ao máximo, é aplicado o Terror. Um Terror cotidiano que tem na falta de condições mínimas para uma vida digna, por um lado e, por outro, no poder repressivo da polícia e de agentes paramilitares ligados ao estado, duas faces da mesma moeda da opressão. Uma opressão que se concretiza das mais diversas formas, concentradas ou difusas, em especial contra a juventude pobre e negra do país. Práticas que, cada vez mais, têm culminado em torturas cotidianas, encarceramento em massa, e seguidas execuções sumárias. Uma pesquisa recente divulgada pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos, UNICEF e Observatório de Favelas, no dia 21/07/2009, afirma que, se as estatísticas permanecerem como estão, mais de 33,5 mil jovens terão sido executados no Brasil durante o curto período de 2006 a 2012. Os estudos ainda apontam que os jovens negros apresentam risco quase três vezes maior de serem executados em comparação com os brancos. Os Crimes de Maio de 2006 Pois mal: foi neste contexto que, durante o mês de maio de 2006, no Estado de São Paulo, policiais e grupos paramilitares de extermínio ligados à Polícia Militar promoveram um dos mais vergonhosos escândalos da história brasileira. Em uma cínica e mentirosa “onda de resposta” ao que se chamou na grande imprensa de "ataques do PCC", foram assassinadas no mínimo 493 pessoas - que hoje constam entre mortas e desaparecidas. A imensa maioria delas - mais de 400 jovens negros, afro-indígena- descendentes e pobres – executados sumariamente. Sem dúvida, o maior Massacre da história brasileira recente. São centenas de mães, milhares de familiares e amig@s que tiveram, no intervalo de pouco mais que uma semana, seus entes queridos assassinados covardemente, e até hoje seguem sem qualquer satisfação por parte do Estado brasileiro. Os casos permanecem arquivados sem investigação correta para busca da Verdade dos fatos; sem Julgamentos dos verdadeiros culpados (os agentes do estado e seus outros braços armados); sem qualquer Proteção, Indenização ou Reparação por parte das instituições que tiraram os seus jovens. Um estado que ainda insiste em sequestrar também o sentimento de Justiça dessas famílias. Desde então, por meio de muita luta - sobretudo das Mães e Familiares de Vítimas à frente dela - um primeiro e importante desafio já vem sendo superado: a censura nos grandes meios de comunicação, e a barreira do desconhecimento. Hoje, passados três anos e meio desde os terríveis Crimes, milhões de pessoas ao redor de todo o Mundo já sabem o quê realmente aconteceu naqueles trágicos dias. Entretanto, muitas ainda precisam saber, principalmente aqui no Brasil, onde o massacre aconteceu, e onde a marcha fúnebre prossegue com o desconhecimento ou conivência de muitos.
No dia 15 de outubro de 2009, a Anistia Internacional enviou uma nota a todas as instâncias do Estado brasileiro, na qual repudia o absurdo arquivamento da imensa maioria dos casos que se multiplicaram nas periferias de São Paulo a partir de maio de 2006, ressaltando estar atenta em relação à impunidade que vigora até o momento, e atenta também ao futuro das investigações e providências. Há poucos dias, no início de dezembro, novamente em visita ao Brasil, representantes da AI voltaram a destacar e se solidarizar com toda a luta das Mães e Familiares que, segundo a entidade internacional, sofrem uma "dupla-violência”: além de terem perdido seus filhos de maneira brutal por parte de agentes do Estado, ainda têm renegado o seu legítimo direito à Verdade e à Justiça, sendo obrigadas muitas vezes a conduzir elas mesmas as investigações - sem nenhum suporte, reparação, e sequer a garantia da própria Vida. A Anistia Internacional também volta a exigir o desarquivamento dos casos. Desarquivamento e Federalização Agora é preciso dar novos passos, e superar novas barreiras simbólicas, políticas e jurídicas. Esta petição, lançada pelas “Mães de Maio” às vésperas do Dia Internacional dos Direitos Humanos de 2009, tem como objetivo geral exigir o mínimo que as pessoas com alguma decência e dignidade podem fazer diante de brutalidades como esta: manifestar seu Repúdio e reivindicar Justiça! Mas tem um objetivo específico muito preciso: exigir do Poder Executivo Nacional que este faça cumprir a Constituição Brasileira, a qual vem sendo constantemente vilipendiada pelos Poderes Judiciário e Executivo do Estado de São Paulo – de alguma maneira implicados politicamente com os referidos Crimes de Maio de 2006, sobre os quais cobramos Justiça. Sabemos que uma sociedade realmente democrática não se constrói sem encarar todo o seu Passado, sem assimilar toda sua Verdade Histórica. Sabemos que isso não é fácil, e que no Brasil há uma blindagem pesada feita pelas elites civis e militares para que isto não aconteça. Entretanto, diante de todo este poder opressivo imposto pelo dinheiro, pelas mídias e pelas armas, nós que abaixo-assinamos esta petição não nos intimidamos. Estamos absolutamente convictos de que não construiremos uma sociedade Justa, Igualitária e, sobretudo, Livre, sem fazer todas as devidas reparações históricas. Mais que isso: seria impossível dormir com a consciência tranqüila se nos calássemos, nos omitíssemos ou, pior, se colaborássemos para a manutenção desta situação. Tampouco atingiremos os nossos ideais coletivos, nacionais e internacionalistas, sem exigirmos a punição dos responsáveis pela sucessão de crimes históricos cometido pelas elites e por seus agentes incrustados no Estado brasileiro, de forma direta ou indireta. Principalmente aqueles altos responsáveis pela sucessão de Massacres que marca a nossa História. Sem o julgamento e a devida punição de todos os responsáveis por estes crimes inomináveis, a sociedade brasileira na prática continuará dando aval para que eles sigam ocorrendo, sobretudo contra a juventude pobre e negra do país. A luta pelo Desarquivamento e pela Federalização das investigações sobre os Crimes de Maio de 2006 se insere nesta tradição de resistência de tod@s @s oprimid@s que lutaram e lutam pela Memória, pela Verdade e por Justiça, em relação a todos os massacres históricos. Não apenas as vítimas e familiares dos Crimes de Maio de 2006 agradecem o apoio a este manifesto, mas todas as vítimas diretas ou indiretas do Massacre de Canabrava (2009), do Complexo do Alemão (2007), da Baixada Fluminense (2005), da Praça da Sé e de Felisburgo (2004), de Eldorado dos Carajás (1996), da Candelária e de Vigário Geral (1993), do Carandiru (1992), de Acari (1990), da Ditadura Civil-Militar (1964-1989), e de todos os massacres históricos contra trabalhadoras e trabalhadores pobres, negros e indígenas ocorridos ao longo da história brasileira. NOSSA LUTA POR JUSTIÇA HISTÓRICA É UMA SÓ! E, neste momento, neste manifesto: a Luta é por Justiça frente aos Crimes de Maio de 2006! EM DEFESA DO DESARQUIVAMENTO E DA FEDERALIZAÇÃO DAS INVESTIGAÇÕES SOBRE OS “CRIMES DE MAIO DE 2006” COMETIDOS POR AGENTES MILITARES DO ESTADO DE SÃO PAULO E GRUPOS DE EXTERMÍNIO PARAMILITARES LIGADOS A ELES. 07 de Dezembro de 2009, ASSINAM ESTE MANIFESTO: MÃES DE MAIO

COPIANDO E REPASSANDO

"Esta secção, tem como objetivo socializar através da leitura dos posts uma obra literária de vulto. Todo dia será postado um texto do livro a ser abordado. Quem tiver sugestões e queira colaborar, envie nome das obras ou as mesmas para este exercício de compartilhar arquivos e conhecidos. Endereço Eletrônico: revupoeta@yahoo.com.br ou revupoeta@gmail.com “.
A OBRA
Vamos iniciar com a coletânea Mulheres, que reuni textos do escritor Uruguaio Eduardo Galeano. A obra compõe escritos de vários livros do autor, como a trilogia Memória do Fogo, O livro dos Abraços, Vagamundo, Palavras Andantes, Dias e Noites de Amor e Guerra, entre outros. Galeano autor do best seller As veias abertas da América Latina, faz uma homenagem carinhosa a mulheres ilustres e anônimas que ajudaram a construir a História das Américas.
TEXTO
JUANA AOS QUARENTA E DOIS
Lágrimas da vida inteira, brotadas do tempo e da pena, empapam a sua cara. No fundo, no triste, vê nublado o mundo. Derrotada, diz adeus.
Vários dias durou a confissão dos pecados de toda a sua existência frente ao impassível, implacável padre Antonio Núfiez de Miranda, e todo o resto será penitência. Com tinta de seu sangue escreve uma carta ao Tribunal Divino, pedindo perdão.
Já não navegarão suas velas leves e suas quilhas graves pelo mar da poesia. Sor Juana Inês de La Cruz abandona os estudos humanos e renuncia as letras. Pede a Deus que lhe dê como presente o esquecimento e escolhe o silêncio, aceita-o, e assim perde a América a sua melhor poetisa.
Pouco sobreviverá o corpo a este suicídio da alma. Que se envergonha a vida de durar-me tanto...

JORGE MAUTNER. O CARA

MAUTNER NO LANÇAMENTO DE VERSUS
Um show de Jorge Mautner marcará o lançamento da Revista VERSUS Nº 3 – publicação do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas da UFRJ. O espetáculo – a partir das 17h de terça-feira, dia 15 de dezembro - será no Teatro de Arena do Palácio Universitário da Praia Vermelha da UFRJ, com entrada franca. Mautner estará acompanhado do músico e parceiro Nelson Jacobina.
Jorge Mautner é um dos artistas mais inquietos da geração que balançou os alicerces da cultura brasileira na década de 1960. Ele é o personagem entrevistado da edição de VERSUS que começa a circular no dia 15. VERSUS também traz entrevistas com ministros da Venezuela e do Equador, reportagem especial sobre a vida dos imigrantes, João Roberto Ripper e texto inédito do jurista e professor Nilo Batista sobre o caso Cesare Battisti. Na VERSUS Acadêmica, artigos dos professores Dênis de Moraes, Ronaldo Fiani, Vanessa Oliveira, entre outros. http://www.versus.ufrj.br/

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

ENTRE OS MUROS DA ESCOLA

Entre os muros do culturalismo Escrito por Antonio Julio de Menezes Neto 10-Dez-2009 O filme "Entre os muros da escola", ganhador da Palma de Ouro, é um filme bastante discutido nos meios educativos e universitários. Sob a direção de Laurent Cantet, retrata uma escola francesa de ensino médio, na qual os alunos são majoritariamente migrantes ou filhos de migrantes. O filme se propõe a focar a realidade de uma escola periférica e mostra diversas chagas do sistema escolar francês quando se trata de uma escola multicultural. Mas quero polemizar com o retrato culturalista do filme em detrimento de um debate político. Desfilam pela tela professores franceses, brancos e "gauleses", tentando compreender as dificuldades dos alunos, sendo solidários com eles, apesar das agressões que sofrem e da falta de interesse da parte dos alunos. Lembro da cena em que uma professora comunica que está grávida, abre um champanhe e pede que um aluno chinês, ameaçado, não seja deportado e que o seu filho seja tão inteligente quanto o jovem oriental. Ou seja, ela é solidária. Mas mesmo no caso deste aluno pode-se fazer outra dedução: ele, oriental, é um bom aluno. Já os alunos negros e os árabes são sempre alunos-problema. E é aí que o filme se torna problemático ao não debater a questão política do migrante: os professores são solidários, buscam "ensinar", são abertos ao diálogo, buscam o melhor para os alunos, mas estes não correspondem. São insolentes, desinteressados e se vêem como migrantes o tempo todo. Ou seja, apesar de morarem na França ou de serem franceses filhos de migrantes, o filme mostra alunos que não conseguem se adaptar. São "rebeldes sem causa", quando muito. Assim, o filme reforça a idéia, tão cara à direita francesa, de que o lugar dos migrantes não é na França, pois os alunos carregam, quase que "geneticamente", o desinteresse pelas atividades escolares, preferindo discutir a Copa da África e ficar, em atitudes racistas, se insultando em sala. Podemos ver a confusão política que o filme traz, nas palavras do competente professor Miguel Lopes (Presença Pedagógica, n.87), que organiza uma coleção de livros sobre cinema e escola: "Ao invés de ser um filme que defende uma visão de esquerda contra uma visão de direita, por vezes parece ser um filme de direita que gentilmente nos explica que do ponto de vista da esquerda é muito bonitinho, mas insustentável; apenas na prática. Esta é apenas uma fugaz impressão, claro, e certamente Cantet teve receio de parecer edificante ou demonstrativo". Esta dificuldade de uma definição política perpassa o enredo do filme. Assim, pode-se dizer que "Entre os muros da escola" seria filme de direita? Possivelmente não exista esta definição intencional. Apenas se abstrai da discussão política para focar numa indefinida discussão culturalista. Mas, ao encaminhar o enredo desta maneira, passa uma mensagem que muito agradaria aos seguidores de Le Pen. Qual a mensagem? A de que, mesmo com todos os esforços e recursos financeiros que a França realiza e dispõe para escolarizar migrantes e franceses filhos de migrantes, estes não conseguem se adaptar. Ou seja, o lugar deles não é na França. Eles são infelizes, brigam, trapaceiam, desrespeitam, se agridem verbalmente e são racistas entre si. Se o filme não quis passar uma imagem política conservadora e de direita, como eu acredito, a intenção não correspondeu ao gesto. O problema é que o foco apenas nas diferenças culturais não retrata o jovem migrante que, nos últimos anos, está realizando diversas manifestações políticas de descontentamento na França, reclamando da falta de emprego, da discriminação e das suas condições de vida. E abstrair-se deste debate é discutir o que a direita deseja. Antonio Julio de Menezes Neto, cientista social e político, doutor em Educação, é professor na UFMG.

CONVITE

CORAL DE CRIANÇAS FAZ CANTATA DE NATAL

Apresentação de Natal nas janelas do Edifício Prada acontece nesta sexta e sábado
O Edifício Prada, que abriga a Prefeitura de Limeira, receberá nesta sexta-feira e sábado, 11 e 12 de dezembro, a partir das 19h, uma iluminada apresentação musical. Cerca de 70 crianças cantarão em 19 janelas, no evento que leva o nome “Natal no Edifício Prada”, promovido pela Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Turismo e Eventos, Secretaria da Cultura e Fundo Social de Solidariedade.
As crianças, com idade entre sete e 13 anos, compõem o coral “Estrelas de Limeira”, criado pelo Fundo Social de Solidariedade. Coordenado pela regente Vilma Daniel, nos últimos três meses o coral se reuniu semanalmente no Fundo Social de Solidariedade para a realização dos ensaios do espetáculo “Natal no Edifício Prada”.
O repertório, composto por 12 músicas, foi gravado em estúdio pelos alunos do coral. Os pequenos cantores certamente emocionarão o público com tradicionais canções natalinas, como “Noite Feliz”, interpretada mundialmente, e “Boas Festas”, de Assis Valente, além de inovações como a canção “Blim Blom”, composição de Irmã Miria Kolling.
O evento promete encantar a cidade com atrações preparadas especialmente para a ocasião, como: presépio, anjos na marquise e luzes distribuídas nas janelas do edifício.
Últimos preparativos
Nesta quarta e quinta-feira, 9 e 10, as crianças e os voluntários estão se preparando em ensaios promovidos no local do evento. A equipe organizadora está trabalhando nos últimos preparativos para as apresentações.
Na sexta-feira, dia 11, a abertura do evento contará com uma apresentação da Corporação Musical Arthur Giambelli. Músicos vestidos de papai Noel apresentarão canções populares, internacionais e natalinas. No sábado, 12 de dezembro, é a vez da Banda Henrique Marques, que completou no mês de novembro 149 anos de vida musical limeirense.
Sandra AlvesAssessoria de Imprensa e Comunicação (Mtb 45.566)
Fundo Social de Solidariedade e CeprosomPrefeitura de Limeira/SP(19) 3495-4440 / 3444-4244

MOVIMENTOS SOCIAIS EM MOVIMENTO

Direitos desrespeitados no Centro Paula Souza Por Carlos Giannazi
O Centro Paula Souza comete várias violações contra os direitos dos seus professores e servidores como, por exemplo, a não implantação da licença-maternidade de 6 meses para as suas gestantes, permissão já garantida pela Lei Estadual 1054/08 que altera o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado (artigo 198). A lei é para todas as mulheres a ela relacionadas e beneficia diretamente as servidoras públicas do Estado de São Paulo. A entidade autárquica não somente deveria aplicar a referida legislação estadual vigente como poderia estender esse beneficio às suas funcionárias utilizando a Lei Federal 11770/08, que faculta às empresas a adoção da licença de 6 meses.
Outro caso grave de desrespeito é a não utilização do Hospital do Servidor Público Estadual pelos servidores do CPS, que hoje não têm esse direito embora trabalhem em uma entidade estatal autônoma e só podem apresentar atestados médicos emitidos pelo SUS. Além disso, o direito à sexta-parte aferida pelos servidores do Estado tem de ser requerido na Justiça pelos servidores do Centro Paula Souza, que também são privados disso. Para justificar todos esse ataques aos direitos de seus professores e servidores, o Centro Paula Souza utiliza a cômoda e confortável justificativa que os mesmos são contratados pelo regime da CLT.
Afora estas, outras reclamações se fazem presentes contra a autarquia como a violação da Lei de Diretrizes e Bases pela não implantação das disciplinas de Filosofia e Sociologia no currículo do Ensino Médio da rede de escolas técnicas públicas por ela administradas, prejudicando os seus estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – que vem cobrando os conteúdos dessas matérias – e também na formação para o exercício crítico da cidadania e do apreço pela ética.
Ainda no que se refere à falta de uma política de cuidado com os que frequentam seus cursos nas mais de 150 escolas técnicas (a entidade administra também dezenas de faculdades de tecnologia) há de se registrar a falta de oferta, pelo Centro Paula Souza, da merenda escolar aos seus alunos, muitos deles permanecendo o dia todo na unidade de ensino e sem condições de pagar pela alimentação.
Diante de todas essas denúncias perguntamos que tipo de educação a autarquia está oferecendo com tantas agressões e desrespeito aos professores, servidores e educandos?O mínimo que temos a fazer é exigir as intervenções do governador e do Ministério Público Estadual para corrigir esses graves desvios do Centro Paula Souza.
Carlos Giannazi é deputado estadual (PSOL), professor e diretor (licenciado) da rede pública de ensino, e membro titular da Comissão de Educação da Assembleia

BISPO RECEBE PRÊMIO DOM HELDER CÂMARA

Vereadores entregam a Medalha “Dom Hélder Câmara” Os vereadores da Câmara Municipal de Limeira entregaram nesta quarta-feira (dia 09) a Medalha “Dom Hélder Câmara”, homenagem concedida para pessoas e instituições (veja lista) que se dedicam a defesa dos direitos humanos. “Neste ano comemoramos o centenário do nascimento de Dom Hélder Câmara, um homem lutador que não dava apenas o alimento ao pobre, mas questionava as causas da pobreza. As condutas dos senhores homenageados renovam as nossas esperanças”, destacou Ronei Martins, presidente da Comissão que organizou a solenidade. A Comissão também é composta pelos vereadores: Nilce Segalla (PTB) e José Farid Zaine (PDT). O bispo da Diocese de Limeira, Dom Vilson Dias de Oliveira, que falou em nome dos homenageados, destacou o trabalho das entidades que receberam a honraria e também sobre Dom Hélder Câmara. “Tive a alegria de conhecer Dom Hélder quando trabalhei na CNBB, em Brasília. Este prêmio é motivo de orgulho para todos nós, porque representa a garra e a luta de um homem que não poupou esforços para defender os pobres”. O presidente da Casa, vereador Eliseu Daniel dos Santos (PDT) também ressaltou que Dom Hélder foi escolhido como patrono deste prêmio por sua dedicação em favor dos mais carentes. “Os três homenageados são comprometidos com o cristianismo, assim como foi a vida de Dom Hélder”. No final da solenidade todos assistiram o “Auto de Dom Hélder Câmara”, peça escrita pelo vereador professor José Farid Zaine e encenada pelos integrantes da Paróquia Santa Luzia. Homenageados: Dom Vilson Dias de Oliveira Dom Vilson Dias de Oliveira nasceu na cidade de Guaíra. Tem 23 anos de ministério presbiteral. Foi assessor da Dimensão Bíblico-Catequética da CNBB, em Brasília. Também exerceu a função de Administrador Diocesano, na Diocese de Piracicaba. No dia 13 de junho de 2007 foi nomeado Bispo da Diocese de Limeira. No dia 15 de setembro de 2007 iniciou seu ministério na Diocese de Limeira. Associação Casa de Misericórdia de Limeira A Casa de Misericórdia é uma instituição beneficente de fins filantrópicos destinada a atender crianças e adolescentes do sexo masculino na faixa etária de 7 a 18 anos em situação de risco social. Casa de Apoio dos Romeiros Nossa Senhora Aparecida A associação CARA foi fundada em 2003. A princípio o trabalho prestado era de emprestar material de auxilio de locomoção, doação de roupas, alimentos, medicamentos. A CARA cresceu e hoje faz um trabalho com transparência de caráter social e cultural. Fotos: Adilson Silveira Carla Pizani Depto. Assessoria de Imprensa
Rua Pedro Zaccaria, 70 Fone/Fax: 19 3404.7500 CEP: 13484.350 LIMEIRASP

AÇÕES GOVERNAMENTAIS

Agenda da Câmara Municipal de Limeira 10 e 11 de Dezembro de 2009 Quinta-feira (dia 10) EVENTO TEVE A DATA ALTERADA 19h30 – Premiação do Projeto “IV Limeira Leitura”, evento agendado pela Secretaria Municipal de Educação. Evento transferido para o dia 17 de dezembro, no mesmo horário. Local – Plenário “Vereador Vitório Bortolan”. Sexta-feira (dia 11) 13h – Sessão Extraordinária Local – Plenário “Vereador Vitório Bortolan” 14h – Confraternização dos Vereadores da Terceira Idade. Evento agendado pelo presidente da Comissão, vereador Raul Nilsen Filho (PMDB). Local – Sala de reunião. 19h30 – Sessão solene para a entrega do “Troféu Voluntário do Esporte”. Evento agendado pelo presidente da Comissão, vereador Silvio Brito (PDT). Local – Plenário Vereador “Vitório Bortolan”. A Câmara Municipal de Limeira fica localizada a Rua Pedro Zaccaria, 70, Jardim Nova Itália. Telefone (19) 3404-7500 ou 3404-7522 ou 3404-7529(Imprensa). Júnia Mariano Depto. Assessoria de Imprensa
Rua Pedro Zaccaria, 70 Fone/Fax: 19 3404.7500 CEP: 13484.350 LIMEIRASP

VERGONHA: EM LIMEIRA FANTASMA È LEGAL

CPI Em relatório final vereadores pedem arquivamento de denúncias Os vereadores integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) – Silvio Brito (PDT) – Presidente, Nilce Segalla e Elza Tank (ambas do PTB), Miguel Lombardi (PR) e Paulo Hadich (PSB) - que apura as possíveis irregularidades na contratação de servidores no Executivo participaram nesta terça-feira (dia 8) da reunião onde a relatora da CPI, vereadora Nilce Segalla fez a entrega e leitura do relatório final. O relatório de 40 páginas foi lido na íntegra pela relatora que sugeriu a Comissão, pelo arquivamento do caso. “Não ocorreu “funcionário fantasma”. “Funcionário fantasma” é quando uma pessoa recebe vencimentos sem prestar os serviços. E apuramos que os servidores citados na reportagem apresentaram a confecção de vídeo institucional para o Executivo”, apontou a relatora. Vereador Paulo Hadich apresentou requerimento solicitando voto em separado. Na oportunidade o vereador fez a leitura de um relatório de 23 páginas que trouxe em sua conclusão o pedido de encaminhamento de todo documento apurado ao Ministério Público local, à Policia Civil e ao escritório regional de Araras do Tribunal de Contas, para análise e apuração das atribuições. Por três votos a dois o documento apresentado por Hadich foi rejeitado. Presidente da Comissão, vereador Silvio Brito avaliou como positivo o trabalho da CPI. “A CPI cumpriu o seu papel. Tivemos o prazo de 90 dias para apurar as denúncias, fazer as oitivas e apresentar o relatório final. Pedimos pelo arquivamento porque não houve “funcionário fantasma”, e os servidores citados trabalharam na confeccção de um vídeo institucional”, finalizou Brito. Fotos: Adilson Silveira Júnia Mariano Depto. Assessoria de Imprensa
Rua Pedro Zaccaria, 70 Fone/Fax: 19 3404.7500 CEP: 13484.350 LIMEIRASP

AÇÔES GOVERNAMENTAIS

Resultado da Ordem do Dia da Sessão da Câmara Municipal de Limeira Sessão Ordinária – 07/12/2009 I – Redação Final do Projeto de Lei n° 322/09, de autoria do Vereador Eliseu Daniel dos Santos, que determina a colocação de placa informativa sobre regras de construção nos novos loteamentos implantados na cidade de Limeira, e dá outras providências. APROVADO. II – Redação Final do Projeto de Resolução n° 43/09, de autoria da Vereadora Elza Sophia Tank Moya, que institui a homenagem póstuma aos cidadãos limeirenses pelos relevantes serviços que prestaram no município de Limeira e dá outras providências. APROVADO. III – Projeto de Lei n° 129/08, de autoria do Vereador Miguel Lombardi, que regulamenta a coleta, triagem, reutilização, reciclagem, reservação ou destinação, disposição e o transporte de Resíduos da Construção Civil e de Resíduos Volumosos no Município de Limeira, de acordo com o previsto no Estatuto das Cidades, Lei n°10.257/01, e na Resolução CONAMA n°307, de 5 de julho de 2002, e dá outras providências. ADIADO POR UMA SESSÃO. IV – Projeto de Lei n° 96/09, de autoria do Vereador Carlos Eduardo da Silva, que altera a Ementa e o Art. 1° da Lei n° 4.026, de 02 de junho de 2006, que dispõe sobre a reserva de 5% das vagas nos projetos habitacionais no Município de Limeira às chefes de família e de 3% aos idosos. APROVADO. V – Projeto de Decreto Legislativo n°17/09, de autoria do Vereador Paulo Cezar Junqueira Hadich, que fica concedido o Título de Cidadão Limeirense ao Senhor Joaquim Augusto Pereira Lazari. APROVADO. VI – Projeto de Decreto Legislativo n°33/07, de autoria do Vereador Eliseu Daniel dos Santos, que dispõe sobre a concessão do Título de Cidadão Limeirense ao Reverendíssimo Senhor Doutor Pastor Levy Ferreira de Souza, Emérito Presidente da Assembléia de Deus Ministério do Belém de Limeira. APROVADO. VII – Projeto de Lei n° 367/09, de autoria do Vereador Antonio César Cortez, que inclui no Calendário de Eventos do Município de Limeira o Concurso de Jóias de Limeira - JOLI. APROVADO. VIII – Projeto de Lei Complementar n°369/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que altera a Lei nº1.890, de 23 de dezembro de 1983, e dá outras providências. APROVADO COM EMENDA. IX – Projeto de Lei Complementar n°380/09, de autoria do Senhor Prefeito Municipal, que dispõe sobre a implantação de um parque industrial para pequenas, micros e médias empresas em área do Município, e autoriza o Executivo a aliená-la para desenvolvimento das pequenas, micro e médias empresas e o estímulo à geração de novos empregos. APROVADO. Júnia Mariano Depto. Assessoria de Imprensa
Rua Pedro Zaccaria, 70 Fone/Fax: 19 3404.7500 CEP: 13484.350 LIMEIRASP